Dinâmico, divertido, viciante e insano

23/08/2017

Se você não dá a mínima para jogos independentes, é poque você ainda não jogou Nidhogg II

Sabe aquele jogo em que não há história pra ser contada, assim como não sugere com começo, meio e fim? E que, ao lidar com a jogatina, força o jogador ficar ligado desde o começo, partindo pra porrada sem freio? Isso é Nidhogg II, um jogo com a cara 8 bits, mas que vale cada minuto jogado por ser contagiante e viciante.

Não dá pra dizer que o material é um jogo de luta, pois conta com uma certa linha de ação contada por fases, onde chegar ao "outro lado" será sempre o objetivo.

Com duelos 1×1, seu desengonçado personagem colorido deve passar por uma sucessão de 7 a 8 telas por vez, sem deixar que o inimigo alcance a sua área. Resumidamente, é um jogo alá battle arena, porém com simplicidade e criatividade.

Com espadas, floretes, lanças, adagas e porradas, há um certo fator estratégico na jogatina, pois muitos deles contam com posturas diferentes a cada fase. Mas, no geral, o game é fácil de entender e ser vencido.

Mas é no multiplayer que a coisa esquenta. Por se tratar de um jogo objetivo e dinâmico, Nidhogg II se supera quando o assunto é a batalha online, pois é aí que a diversão acontece, já que não há o que temer e o que vale mesmo é estraçalhar seu inimigo de maneira rápida e inteligente, pois os golpes se misturam com trechos onde algumas quedas podem acontecer.

Liso e fiél na diversão, Nidhogg II é equilibrado para gamer de todas as idades e a quem decide driblar alguns amigos na sala de casa.

Material lançado em 15 de agosto, com versões para PC e Playstation 4.