Toujours belle

26/06/2017

Nossa redação adorou a experiência provada ano passado. E Tour de France 2017 mantém características da franquia, garantindo um excelente material aos amantes (ou não) do ciclismo profissional

Não é verdade que todos nós brasileiros conhecemos bem a Volta da França. Mas também não é difícil encontrar detalhes sobre o grandioso evento nas principais emissoras por assinatura. Ainda mais quando às vésperas da largada, prevista para o próximo dia 01 de Julho, com promessa de muita emoção e belíssimas paisagens nos seus 23 dias de ação.

A competição anual é, na verdade, um dos mais antigos eventos europeus (organizada pela primeira vez em 1903 para aumentar as vendas do jornal L' Auto) e tem como característica provar os limites mais árduos aos atletas participantes, finamente patrocinados por importantes empresas do setor ciclista, econômico, bancário e indústrias de alta tecnologia. Até porque, acreditem, atualmente os times trabalham com tecnologias baseadas em um universo em questão tão importante quanto a Fórmula 1.

No jogo, você pode montar sua trupe e decidir como e quando vai correr, qual será sua estratégia para completar todo o circuito de corrida (isso tudo no modo carreira, claro) e emparelhar eventos diversos que vão desde circuitos de velocidade como provas de regularidade, em vários modos de competição, entre eles o TOUR, PRO TEAM, CHALLENGE e TREINAMENTO.

NÃO É FÁCIL

Como simulação da longa jornada, o game é demorado e exige paciência, além da notória concentração em manter você e sua bike no equilíbrio exigido em quase todos os trechos, principalmente quando as subidas em serras digitalizadas e realmente iguais ao traçado real aparecem em nossa frente.

E é aí que o material se destaca, com a necessidade de manter sua respiração em ordem e, claro, o jogo de equipe bem montado, pois sem ele você não vai a lugar algum. Resumindo, ciclistas "escaladores" se dão melhor em provas de montanhas daqueles mais aprimorados para linhas retas e velocidade.

Com desenvolvimento perfeito nos gráficos e cenários, além da incrível participação pública nas bordas de serra e ruas das cidades (com aplausos e incentivos em suas línguas e sotaques próprios), o jogo merecia nota dez, não fosse o limitador deste mesmo quesito em alguns momentos, já que o tour é gigantesco.

O material já está disponível nos idiomas Inglês (Britânico), Francês, Italiano, Alemão, Espanhol e Suíço e à venda nas plataformas PC, PS4 e XBOX.